Início Maranhão Suspeito de ser pistoleiro de facção criminosa é preso após tentativa de...

Suspeito de ser pistoleiro de facção criminosa é preso após tentativa de homicídio em Axixá

187
0

O homem identificado como José Neilson Ferreira Gonçalves, conhecido como “Nhô”, de 34 anos, com residência na Rua dos Rubis, no Conjunto São Raimundo, em São Luís, foi preso por policiais do 27º BPM em Axixá, a 95 km de São Luís.

“Nhô” e outros dois comparsas roubaram uma motocicleta e tentaram matar um homem no povoado Perijuçara.

A prisão do criminoso ocorreu por volta de 2h30 da madrugada de domingo (12) na Rua Principal, no povoado Burgos, nas proximidades da praça.

No momento da prisão, os policiais apreenderam:

– Uma moto Broz na cor amarela, placa NMU 1957 (sem chave);

– Uma moto Suzuki Yes preta, sem placa, chassi 9CDNF41LJ9M270387 (com chave);

– Uma arma calibre 12;

– Um cartucho de calibre 12 intacto;

– Uma faca tipo peixeira;

– Uma balaclava;

– Uma lanterna;

– Um capacete;

– Um par de tênis; e

– Um par de luvas pretas.

De acordo com informações da PM, por volta de 23h, dois criminosos, que antes estavam em uma moto Honda Bis, roubaram a motocicleta Honda Broz, pertencente ao mototaxista Vanilson Bezerra Rodrigues, residente na Cidade Nova, em Rosário.

Em seguida, eles tentaram matar a tiros Albert Gonçalves Correia, residente em Perijuçara. A vítima foi socorrida pela guarnição e levada ao hospital de Axixá, sendo encaminhada, em seguida, para um hospital em São Luís.

Pela denúncia, seriam três criminosos vestidos com roupas pretas e encapuzados. No povoado Burgos, a guarnição avistou os suspeitos e emitiu sinal de luz para que parassem, mas eles não obedeceram e terminaram se chocando com a viatura.

Ao caírem após o choque, a guarnição conseguiu capturar “Nhô”, bastante conhecido por suas práticas criminosas em Axixá. Os outros dois comparsas se embrenharam no matagal.

O mototaxista Vanilson Rodrigues reconheceu a motocicleta e a arma utilizada no assalto.

“Nhô” foi apresentado na delegacia da Polícia Civil em Rosário para autuação em flagrante. Ele responderá por tentativa de homicídio, porte ilegal de arma de fogo e roubo de veículo.

A polícia ressalta que “Nhô” é considerado pistoleiro do PCC na região do Munim, respondendo por diversos crimes de assaltos e homicídios. Ele vivia homiziado na mata no povoado Burgos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here