Início Política Robert Rios diz que Wilson Martins queria disputar Senado com Wellington Dias...

Robert Rios diz que Wilson Martins queria disputar Senado com Wellington Dias candidato ao Governo

21
0

Entrevista

“Eu mesmo fui até a casa de Wellington e conversei com ele. Falei para ele que Wilson Martins sairia como senador e queria tê-lo como candidato a governador na chapa”, disse Rios.

ISABELA RÊGO, DO GP1

Em entrevista ao Jornal do Piauí da TV Cidade Verde, na tarde desta terça-feira (14), o secretário de segurança Robert Rios Magalhães (PDT), falou sobre a conjuntura política para as eleições de outubro.

O deputado estadual licenciado voltou a dizer que gostaria de estar em uma chapa que tivesse o senador Wellington Dias (PT) como candidato a governador e Wilson Martins (PSB) como candidato ao senado.

Imagem: Germana Chaves / GP1

robert-rios-22751

Robert Rios
Segundo Robert Rios, foi o senador petista que resolveu não integrar essa chapa. Ele informou que foi um espécie de porta-voz da base governista, mas que o senador não aceitou a proposta.

“Eu mesmo fui até a casa de Wellington Dias e conversei com ele. Falei para ele que o governador Wilson Martins sairia como senador e queria tê-lo como candidato a governador na chapa. Mas ele se recusou e disse que já tinha um compromisso com João Vicente Claudino e Ciro Nogueira. Naquele momento ele estava desistindo de todos nós”, declarou.

Robert Rios enfatizou ainda que apesar de sua admiração pelo senador Wellington Dias, não concorda com a decisão tomada por ele.

“Muitos de nós só somos o que somos graças a Wellington Dias, inclusive eu e o próprio governador. No entanto, nós todos também ajudamos o Wellington a ser o que ele é. Não era assim que ele deveria ter procedido. Formou uma chapa sem nos comunicar”, enfatizou.

Por outro lado, o deputado que já declarou que será candidato a reeleição, falou que Wilson Martins conseguiu formar uma chapa muito forte.

“Wellington Dias é forte, mas a nossa chapa também está muito competitiva. Marcelo Castro é um candidato muito forte, com muita experiência e que conta com o apoio do atual governador que tem feito um grande trabalho e o seu canditao a vice, o ex-prefeito Silvio Mendes, também é um nome muito forte no Piauí”, considerou.

Para Robert Rios a situação de Zé Filho é algo que está resolvido dentro da base governista.

“Eu estive na reunião em que ele declarou que não tinha obsessão por cargo algum e que abria mão de ser candidato e apoiaria Marcelo e Silvio. Sem dúvida foi um ato de grandeza da parte do vice-governador Zé Filho”, afirmou.

Secretaria de Segurança

Robert Rios deve deixar o cargo no mês de abril, em virtude de sua candidatura a reeleição a deputado estadual. Questionado se vai indicar o sucessor para a secretaria de segurança, ele foi enfático.

“Não vou indicar ninguém. Eu não desejo esse mal a nenhum inimigo meu. Já disse que só entro de novo na segurança preso. O meu desejo é poder ser um dia deputado de oposição na assembleia e ficar só dando coice, apontando erro e falando mal”, finalizou em tom de ironia.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here