Início Coelho Neto Populares protocolam na ouvidoria do (MPE), pedidos para investigar “farra de diárias”...

Populares protocolam na ouvidoria do (MPE), pedidos para investigar “farra de diárias” na Câmara Municipal de Coelho Neto –MA

3282
0

Populares em Coelho Neto, vê com preocupação o valor investido pela Câmara Municipal de Vereadores para pagamento de diárias destinadas aos parlamentares e também a servidores do Poder Legislativo no município de Coelho Neto.

Diante do volume dos recursos, já existe pedido de alguns cidadãos que pediram a interferência do Ministério Público Estadual para investigar a situação na Câmara Municipal da cidade de Coelho Neto.

Veja o montante gasto até agora com as diárias.

As respectivas representações foram protocoladas na Ouvidoria do (MPE), que distribuirá os pedidos para a Promotoria Pública de Justiça, que atua neste município.

O vereador Osmar Aguiar (PT), atualmente tem o papel de corregedor da Câmara, função essa muito importante, mais será que Aguiar estar dando cumprimento o Código de Ética a fim de termos uma atuação transparente, um posicionamento ético, com ordem e decência…

Em sessões anteriores, o atual presidente da Câmara de Vereadores Marcos Tourinho (PDT), disse que não existe Irregularidades no pagamento de diárias e que continuará liberando elas aos nobre parlamentares.

O vice-presidente da Câmara de Vereadores de Coelho Neto, vereador Rafael Cruz, anda calado o que aconteceu vereador? as diárias teria deixado o nobre cego, mudo?

Incomodados, com as críticas feitas, por um microempresário, o vereador Moabe Branco (PSD), e o presidente Marcos Tourinho chegaram a fazer ameaças durante sessão, que iriam visitar o estabelecimento, afim de derrubar uma churrasqueira que está de forma irregular.

Ainda durante sua fala, Tourinho fez acusações ao microempresário o acusado de traficante. Nesta última segunda-feira (13), o microempresário compareceu na Câmara e em forma de protesto, o microempresário fez um manifesto de indignação durante toda a sessão. Segurando um cartaz, com a seguinte frase: “se eu fosse um traficante eu não trabalharia”, o microempresário permaneceu toda a sessão, com venda nos olhos e na boca.

Na sessão, estiveram presentes: Wilson Vaz, Cará, Junior Santos, Sillas do Louro, Rafael Cruz, Joao Paulo – JP, Dr. Ricardo, Liza Pires, Marcos Tourinho, Mohabe, Camila Liz, Luiz Ramos.

Nenhum dos parlamentares presente quiseram falar sobre o protesto, ou quiseram justificar para que estão servindo as diárias.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here