Início Coelho Neto O governo itinerante. A nova ilusão do PT para diminuir sua rejeição

O governo itinerante. A nova ilusão do PT para diminuir sua rejeição

994
0

O prefeito de Coelho Neto está se tornando um expert em acumular adjetivos nada vantajosos para um político. Lento, perseguidor, incompetente, desnorteado, dentre todos, o que mais se destaca é o de petista.

Das mentiras de campanhas, à recente mentira do pagamento antecipado do último salário do ano de 2018, vamos ver uma pequena lista de mentiras do expert:

    • Mente quando se diz bom gestor financeiro pois, deve dois terços de férias 2016/2018
    • Mente quando se diz bom gestor pois, em dois anos nenhuma obra
    • Mentiu quando disse que ajudaria os blocos de carnaval em seu primeiro ano de governo pois, não ajudou
    • Mentiu quando disse que contratado ganharia igual aos efetivos pois, não ganham
    • Mentiu quando disse que melhoraria as condições de trabalho do professor e, aumentou a carga horária deles
    • Mentiu quando disse que não permitiria perseguições no seu governo, pois persegue
    • Mentiu quando disse que ajudaria a economia local pois, terceirizou alguns serviços públicos e canalizou a saída de dinheiro do nosso município
    • Mentiu quando disse que anteciparia o pagamento dos salários de dezembro de 2018 pois, deixou todos na mão nas festas de final de ano…

O executivo municipal que nada fez nesses 02 anos de governo, vai se focar numa estranha tentativa de só agora levar o governo para perto da população. Com o governo itinerante, andará de bairro em bairro oferecendo alguns cortes de cabelos; pintura de unhas; aferição de pressão sanguina; limpeza, coleta de lixo acumulado e troca de lampadas queimadas daquele bairro escolhido para receber a ação.

No final, uma festa será realizada com fogos e muita foto. Aqui a ilusão se materializa em propaganda com um único objetivo: diminuir a enorme rejeição do governo Américo e esquecer que o IDEB caiu, a saúde está um caos, que não temos obras em andamento, que as ruas estão as escuras, que não temos empregos, que os terços de férias de 2016/2018 não estão atrasados, que os 59 veículos alugados por 4.6 milhões estão por aí, que os 96 mil sacos de lixos comprados acima do preço não geraram prejuízos para a saúde, que veículos ditos da prefeitura e emplacados em nome de uma empresa privada de Santa Inês é algo normal e aceitável…

De tudo o mais difícil é acreditar que, um governo que até hoje não é referência em nada que faz, vai conseguir fazer diferença focando suas forças em uma única região da cidade.

Se for como a anunciada chuva de fogos do final de ano, que foi feita com tanta competência que, só quem era do governo pôde ver. Tudo vai ser “petista” como sempre.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here