Início Política Fórum de Governadores do Nordeste no MA vai lançar consórcio sustentável

Fórum de Governadores do Nordeste no MA vai lançar consórcio sustentável

18
0

Mais uma edição do Encontro dos Governadores do Nordeste vai acontecer na próxima quinta-feira (14), na capital do Maranhão, São Luís. O encontro vai ser no Palácio dos Leões e o governador Wellington Dias (PT) participará do evento. No Fórum, será assinado o protocolo para criar o Consórcio Interestadual de Desenvolvimento Sustentável do Nordeste ou apenas Consórcio Nordeste.

De acordo com informações do governo do Maranhão, será feita uma reunião específica para a criação do Consórcio. O governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), vai receber os demais oito governadores no evento. A criação é uma inciativa para firmar parcerias, otimizar resultados e economizar recursos financeiros. Com a assinatura, poderão ser feitas, por exemplo, compras compartilhadas entre os Estados. Isso reduz os custos dos produtos e dos serviços.

As informações são que também haverão parcerias em diversas áreas, como desenvolvimento econômico e social, infraestrutura, tecnologia e inovação, segurança pública, administração prisional e proteção do meio ambiente. “Vamos ganhar na escala das aquisições governamentais, podemos formatar e fomentar o desenvolvimento de políticas públicas e também captar recursos em organismos nacionais e internacionais”, informou Rodrigo Maia, procurador-geral do Estado do Maranhão.

2019-2022
O encontro em São Luís será o segundo do exercício 2019-2022. O primeiro foi em Brasília, no início de fevereiro. Na ocasião, foi lançada a Carta dos Governadores do Nordeste, em que é solicitada solução imediata para o déficit de Previdência, sem impedir o acesso dos mais pobres a direitos básicos.

A carta também pede discussão aprofundada sobre segurança pública que envolva combate à facções criminosas, tráfico de armas e explosivos, além de controle maior sobre fronteiras; proposta para o Novo Fundeb; e retomada de assuntos federativos na Câmara e no Senado, como cessão onerosa, bônus de assinatura e securitização.

Lyza Freitas (Com informações Governo do MA)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here