Início Geral Beto Rego defende policiais que espancaram suspeito algemado em delegacia no PI

Beto Rego defende policiais que espancaram suspeito algemado em delegacia no PI

137
0

O apresentador da TV Antena 10, Beto Rego, usou a ferramenta stories de sua conta do Instagram, nessa quinta-feira (11/04), para parabenizar a atitude dos policiais que torturaram um suspeito de furtar motocicletas que estava algemado na Delegacia de Polícia Civil de Piripiri, no  Norte do Piauí.

“Queria parabenizar o Batalhão de Polícia Militar de Piripiri que pegaram àquele meliante e deram uma palma de taca, mais uma palma de taca boa!
Parabéns, eu apoio vocês! Porque quando um bandido pega um cidadão, ele dá na cara, quando não mata ou não mete bala na cara do cidadão, e chama o cidadão de vagabundo! Parabéns policiais, muito bom!”, desabafou o apresentador.

Em sua fala, Beto Rego ainda ofereceu advogados para defenderem os militares.
“E se vocês precisarem de advogados podem me procurar. Porque vou dizer aqui, o que vocês fizeram não é a metade que um bandido faz quando pega um cidadão. E quem tá defendendo bandido, tomara que o bandido pegue você, dê uma surra, chame de bandido, de safado, ou então metam uma bala em você ou em uma pessoa da sua família para vê se você acha bom. Tá entendo?”, justificou ele, que ainda alertou que quem não quer apanhar da polícia não fazer por onde.

Sobrou críticas até para os meios de comunicações. “É triste um meio de comunicação que defende bandido. Quem defende bandido tá fazendo bandidagem também. Porque bandido é bicho sem vergonha!”, detonou Beto Rego.

Vídeo:

Imagens registram a tortura na delegacia

Um vídeo em que dois policiais militares aparecerem torturando um preso dentro da delegacia do município do Piripiri tem causando uma grande repercussão em todo o estado.

As imagens, que começaram a circular na noite desta quarta-feira (10/04), mostram os dois policiais agredindo um preso que está algemado, após ser detido por roubo.

Os policiais aparecem fazendo perguntas para o preso, que nega, e os policiais o forçam a responder, com a negativa, ele é torturado.

“Tem que ser assim, com o cidadão não fazem pior? Roubam o cidadão, chamam de vagabundo…”, disse um dos policiais enquanto os outros riem.

Nas redes sociais o caso ganhou um debate intenso. Enquanto uns defendiam os policiais, que o preso ‘apanhou foi pouco’, houve também uma reflexão sobre o caso: “Será que esses mesmos policiais fazem isso com políticos, empresários, grandes traficantes e até outros policiais que também são presos? Óbvio que não”.

Policiais são presos 
A Diretoria de Comunicação Social da Polícia Militar do Piauí informou que o comandante geral ao  tomar conhecimento do vídeo determinou ao comandante do 12º Batalhão, em Piripiri, que apresentem os policiais militares na Corregedoria,  a Instauração do inquérito Policial Militar, bem como decretou a prisão administrativa dos Policiais envolvidos no fato.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here